Perícias e Vistorias

O mercado de veículos seminovos no Brasil sofreu uma grande procura nos últimos meses. Segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), a relação de vendas de carros zero e usados está em 5,1 modelos usados para cada veículo novo. O segmento está aquecido. Em agosto deste ano, segundo dados da Fenauto (Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores, entidade representativa do Setor de Revendas de Automóveis Seminovos e Usados), a média diária de transferências de carros seminovos e usados atingiu 43.967 transações, muito similar ao mesmo período do ano passado.

 

Porém, para quem pretende comprar um veículo seminovo, é importante observar algumas informações para não ter dores de cabeça. Relacionamos aqui 7 dicas principais:

 

1. Muita pesquisa

A primeira recomendação é que você pesquise muito bem antes de comprar o seu veículo, buscando as informações sobre custo/benefício. Faça vistorias, cheque as documentações, veja se o veículo não passou por algum acidente ou alteração. Nesta pesquisa a quilometragem é um dos aspectos que deve ser observado com atenção. Quanto menor a quilometragem, mais valorizado o veículo e menos chance de manutenções. Na hora da compra, observe pneus, estepe, bateria, motor, pedais e condições gerais do mesmo. É indicado observar se o veículo passou pelas revisões de fábrica, olhando no manual. Se houver revisões pendentes, veja se consegue a transferência para que possa fazê-las.

 

2. Desconfie de preços muito baixos

Sabe aquele ditado de que o barato pode sair caro? Ele é muito verdadeiro no caso da compra de um veículo seminovo. Para encontrar a oportunidade certa, você precisa estar atento a todos os detalhes que já citamos acima e ser cauteloso. Infelizmente, alguns veículos podem ter adulterações nos chassis e motores e isso indica que não tem boa procedência. Todo cuidado é pouco! Nunca compre baseado só no preço. O chassi é a identidade do veículo e você deve ter as informações completas para garantir que está comprando um veículo original.

 

3. Nunca compre sem ver e analisar o carro

Esta dica é muito importante para não ser enganado. Infelizmente existem golpistas que prometem uma coisa e entregam outra. Faça um test drive antes de pagar e, se possível, peça a um mecânico de sua confiança que verifique o veículo.

 

4. Faça uma vistoria

Recomendamos uma vistoria para checar se o veículo não sofreu colisão grave. Faça a vistoria na pintura, com o carro seco e limpo. A lataria deve ser observada detalhadamente, em local com boa iluminação. Note se há diferenças na cor. As empresas de vistoria conseguem identificar com mais detalhes se houve repintura, uso de massa plástica ou soldas. Eles checam ainda simetria de portas, para-choques e teto, ondulações, amassados e outras diferenças.

 

5. Verifique a documentação

É preciso verificar os impostos (IPVA, Seguro Obrigatório e Licenciamento), restrições (multas não pagas), processos judiciais, sinistros abertos e financiamentos não quitados. Cheque ainda a reputação do vendedor, principalmente nas compras online e todos os dados de contato. De preferência encontre presencialmente com o mesmo antes de fechar o negócio.

 

6. Evite carros recuperados de enchentes

Alguns carros recuperados de enchentes são colocados no mercado e podem oferecer problemas futuros. Para evitar cair nesta cilada, preste muita atenção no momento da compra. Observe possíveis sinais de barro ou manchas nos bancos e carpetes, bem como cheque o histórico de sinistros do mesmo.

 

7. Faça uma perícia cautelar

E a última dica e mais importante é, antes de comprar seu veículo seminovo, investir em uma perícia, que fará a verificação de tudo o que citamos acima com segurança.

 

Os itens checados na perícia cautelar são: verificação de gravação do chassi, numeração do motor, numeração de câmbio, placa e lacre da placa, itens de segurança, avaliação estrutural, perícia minuciosa em todo o veículo, garantia de originalidade, laudo completo de avaliação, consulta de histórico do veículo e verificação de documentos.

 

Para agendar a sua perícia veicular, procure a Terceira Visão, que tem a maior experiência do mercado. Nossa pesquisa conta com dados de bancos nacionais sobre o veículo. Isso faz com que você se proteja da compra de carros roubados, clonados e golpes comuns na compra e venda. Algumas fraudes só podem ser enxergadas por peritos treinados. Nossos profissionais vasculham o automóvel procurando falhas invisíveis aos fraudadores.

 

Lembre-se que comprar um veículo emendado ou batido pode agravar em futuros acidentes. Neste caso, a perícia cautelar é de extrema importância para a sua própria segurança e da sua família. A perícia cautelar custa menos de 1% do valor do seu automóvel e te protege contra possíveis dores de cabeça.

 

Agende agora a sua perícia em uma unidade mais próxima

agende agora
Open chat